quarta-feira, fevereiro 8, 2023
spot_img
InícioCulturaComunidade do Rodeadouro comemora pela primeira vez o “Dia Municipal do Samba...

Comunidade do Rodeadouro comemora pela primeira vez o “Dia Municipal do Samba de Véio do Rodeadouro

Teve início na noite de ontem (03) os Reisados na Comunidade Quilombola do Rodeadouro, distrito de Junco, em Juazeiro da Bahia. As festividades continuam até o dia 06 de janeiro, dia de Reis, “data em que, segundo a tradição católica, os Três Reis Magos, Baltazar, Belchior e Gaspar visitaram o recém-nascido Jesus de Nazaré”; e se estendem até o dia em que o Samba de Véio do Rodeadouro passar por todas as casas da comunidade, tocando seus instrumentos e cantando Reisados.

De acordo com Jéssica Maiane, que é membro da Associação Cultural de Samba de Veio do Rodeadouro, “Ontem iniciamos nossa tradicional Festa de Reisado e não temos dia exato para encerrar. Começamos pelas casas da rua da praça da igreja (Rua São José), e ao decorrer dos dias partimos cantando o Reisado de casa em casa, por todas as ruas da comunidade. Só encerraremos do dia que passarmos por todas as casas.” Concluiu Jéssica.

Já no dia 06 de janeiro acontecerá uma programação na qual será comemorada pela primeira vez o “Dia Municipal do Samba de Véio de Rodeadouro”, que foi instituído pela Lei 3103/2022 do Legislativo Municipal e sancionada pelo executivo, sob o ato de sanção Nº 127/2022. Jéssica Maiane informou que “a partir das 18 horas do dia 06 o Samba de Véio sairá cantado Reisado em algumas casas e partirá para a igreja, para cumprir a tradição de cantar na porta da igreja. Em seguida o Samba de Véio, os moradores, visitantes e convidados irão se deslocar para um clube para sambar.”

Reunião de Assembleia do Conselho Municipal de Cultura – CMC

A proposta da realização da reunião do Conselho de Cultura na Comunidade, durante a Festa de Reis foi iniciativa da Comissão Permanente de Patrimônio e Memória, do CMC, a qual já vem realizando trabalhos conjuntos com o Conselho Municipal de Turismo – COMTUR. Segundo Jomar Benvindo, Titular da Cadeira de Manifestações Culturais no CMC, membro da Comissão de Patrimônio e Presidente do COMTUR, “esse é um momento importante, tanto para a Comunidade Quilombola do Rodeadouro, como para o Samba de Véio e também para os dois Conselhos de Controle Social, que deixam de se reunir na sede do município, na Casa dos Conselhos, criada para dar suporte a estes, para estar onde realmente a cultura emerge naturalmente. Onde a manifestação cultural está acontecendo naturalmente, sem ser convidada para participação de evento, mas sim pra cumprir uma tradição dos seus ancestrais. E é com exemplos como esse que um Conselho cumpre verdadeiramente o seu importante papel na sociedade.” Concluiu Jomar.

De acordo com Jucinei Martins, Titular da Cadeira de Patrimônio e Memória, Coordenador da Comissão de Patrimônio e Vice-Presidente do CMC, “a ida dos Conselhos à Comunidade de Roudeadouro neste momento é bastante significativa e importante para todas as partes envolvidas. Na sua reunião extraordinária, que acontecerá as 15h00 na Escola Municipal Maria Monteiro Barcelar, o CMC discutirá e dará encaminhamentos a assuntos importantes para a cultura juazeirense, assim como para os artistas, fazedores de cultura e grupos culturais.” Jucinei prosseguiu dizendo que “entre os pontos de pauta da reunião, podem ser destacados, o processo de reconhecimento do Samba de Véio do Rodeadouro como patrimônio imaterial do estado da Bahia, junto ao IPAC – Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia; Lei Paulo Gustavo; Lei que oficializa a árvore do juazeiro como símbolo do município e a torna imune de corte, aprovada e sancionada; trabalho conjunto entre o CMC e o COMTUR com os Mestres da Capoeira; e espaço de fala do Samba de Véio do Rodeadouro.”

Comissão Permanente de Comunicação, do Conselho Municipal de Cultura – Juazeiro da Bahia

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -...

Most Popular

Recent Comments