segunda-feira, dezembro 5, 2022
spot_img
InícioAPLBComunicado à sociedade Casanovense, em especial aos professores e demais profissionais de...

Comunicado à sociedade Casanovense, em especial aos professores e demais profissionais de Educação

Comunico a todos que durante a inauguração da Escola Cicero Veríssimo na localidade de Serrote, esta dirigente sindical e o nosso sindicato foi agredido pelo presidente da Câmara e o prefeito municipal de Casa Nova, devido ao fato de termos feito visitas às escolas e por estarmos reivindicando nossos direitos, que por sinal é uma luta justa e antiga, mas não fomos e nem somos compreendidos pela nossa atuação, mesmo participando como eleitora de uma aliança programática em três eleições consecutivas.

O presidente da Câmara, Sr. Vinicius Patrick Teles, usou dos microfones para me agredir como a nossa entidade, APLB-Sindicato, chamando-o de “sindicatozinho”.

Ressalte-se que o nosso sindicato tem 70 anos existência, história, resistência e mais de 90.000 filiados e não pode ficar refém de nenhum representante político, pois a nossa função primordial é lutar pelos direitos dos professores e demais trabalhadores em educação, consequentemente por uma educação pública, laica, gratuita e emancipatória para todos os alunos.

O referido edil vem soltando palavras desta estirpe há vários dias não apenas conosco, mas também com o Superintendente da Educação do Estado da Bahia tomando para si os problemas do Colégio Estadual de Casa Nova, já que sua esposa está diretora daquela instituição e, isso tem levado o esposo a tomar para si os problemas que não dizem tespeito a ele(tenho provas).

É importante deixar claro que eu, Maria do Carmo da Rocha Braga, sou professora da Rede Municipal de Ensino desde o Concurso de 1999, e também do Estado Estado da Bahia desde 2002, atualmente lotada naquela instituição de ensino e não me calarei diante dessas atrocidades.

Mesmo o Senhor prefeito e o Senhor vereador tendo dito que o cargo é deles, pois têm 80% de aceitação da população e que têm muito poder e que vão ter muito mais quando o irmão dentro de alguns dias for eleito Deputado Federal e que por isso não tem medo de ninguém.

Não entrei pela porta dos fundos. Sou Concursada, assim como a diretora, assim como todos que compõem aquela instituição de ensino e toda a educação de Casa Nova.

Importante lembrar que nunca tive e nem tivemos problemas com a gestora, até porque é servidora do quadro efetivo tanto do estado quanto do município e filiada ao “sindicatozinho” a que ele se referiu.

Aproveito o ensejo para pedir desculpas aos meus nobres colegas, companheiros de entidade e de classe por ter acreditado no Governo da Mudança e reitero que todos se sintam livres para continuar apoiando quem vocês quiserem.

Mas ao mesmo tempo, aproveito para REPUDIAR atitutudes ditatoriais, pois vivemos em uma democracia onde todos são livres e ninguém é meu dono e nem de ninguém.

Gratidão a todos que se solidarizaram e se solidarizam diuturnamente comigo e com a nossa classe.

Continuem contando com esta entidade, esta mulher negra, professora, sindicalista, dirigente e militante política.

Atentamente,

Maria do Carmo da Rocha Braga
Diretora da APLB-Sindicato Delegacia das Esmeraldas

Casa Nova, 27 de agosto de 2022.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -...

Most Popular

Recent Comments