sábado, outubro 1, 2022
spot_img
InícioPolicialPolicial que matou lutador Leandro Lo foi a boate e motel após...

Policial que matou lutador Leandro Lo foi a boate e motel após o crime

O policial militar Henrique Otávio de Oliveira Veloso, que atirou e matou o campeão mundial de jiu-jítsu Leandro Lo, foi a outra boate após o crime. Imagens que a TV Globo teve acesso mostram quando o policial chega a uma casa noturna em Moema, Zona Sul de São Paulo, momentos depois da morte de Lo durante um show no Clube Sírio, também na Zona Sul.

De acordo com a Globo, a comanda de Veloso mostra que na boate ele consumiu uma garrafa de uísque, duas águas de coco, duas latas de energético e duas doses de gin. O total deu quase R$ 1,6 mil.

Veloso saiu da casa noturna uma hora e 59 minutos depois acompanhado de uma mulher, que segundo a investigação seria uma garota de programa. Os dois foram para um motel em Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo. Lá, eles ficaram das 5h40 da madrugada até 16h26.

Leandro Lo foi morto com um tiro na cabeça no domingo (7). De acordo com a investigação, Veloso teria atirado contra o lutador após uma discussão durante um show de pagode no Clube Sírio.

O policial está detido no presídio militar Romão Gomes por homicídio doloso por motivo fútil.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -...

Most Popular

Recent Comments