Leitora do 60graus faz apelo: seu pai está há 90 dias esperando procedimento na PROMATRE

0
1466

Leitora do 60graus.com, entrou em contato com a nossa redação para fazer um apelo. A mesma está com o seu pai internado no Hospital PROMATRE, para ser submetido a um procedimento cirúrgico. O senhor aguarda a cirurgia há 90 dias e foi já regulado uma vez e encaminhado para o hospital ANA NERY em Salvador, porém a unidade hospitalar da capital devolveu o paciente alegando que lá não realiza o procedimento.

“Me chamo Francinete e estou com um problema de internação pra ser resolvido. Já faz quase 90 dias que meu de 66 anos está internado no hospital PROMATRE pra fazer uma cirurgia que chama Ablação de VIAS DE ARRITIMIA. Desde essa data aguarda pra ser regulado pelo SUS. Como estava demorando meu irmão entrou na defensoria pública pra acelerar a transferência. Saiu a regulação e não transferiram porquê ele estava intubado em estado de coma induzido. Quando se recuperou saindo do coma foi novamente colocado na regulação e reaberto o processo na defensoria. Dia 18 de dezembro foi regulado para Salvador para hospital ANA NERY, o mesmo aceitou o paciente, trocaram o GERADOR do marca-passo sendo que essa não era a cirurgia que estava nos laudos médicos. Quando me falaram que lá não faria a cirurgia da ablação questionei onde ele iria fazer e os médicos disseram que iam devolver o paciente para o hospital de origem(PROMATRE) e os médicos que estavam acompanhando iriam orientar onde fazer. Devolveram ele dia 25 de dezembro para PPROMATRE onde se encontra. Estava bem e instável na enfermaria, na quinta-feira teve choques no aparelho marca-passo e levaram para UTI novamente. Hoje intubaram e informaram que ele ficou com falta de ar”. – Desabafou, Francinete.

Ainda de acordo com a filha do paciente, no dia 8 de janeiro entram novamente com o processo para que saia logo a vaga para transferi-lo.

“O juiz pede que a defensoria juntamente com a família providencie cotação de valores para o procedimento, sendo que os hospitais particulares só dá a cotação se for um médico para avaliar o paciente. O que não está sendo fácil conseguir porquê mesmo sendo particular poucos, hospitais da região faz esse procedimento”. – Conclui, Francinete.

Da Redação. Foto: familiares via Whatsapp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here