Sindsemp realiza blitze promovendo campanha em defesa da mulher, contra a violência e o feminicídio

0
20

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina esteve nesta segunda-feira (22) visitando diversas Unidades Básicas de Saúde, a fim de divulgar a campanha de proteção à mulher, contra a violência e o feminicídio: não deixe para amanhã, denuncie!

O presidente do Sindsemp, Walber Lins, acompanhado das diretoras financeira e de assuntos extraordinários, Elizete de Souza e Luciedna Batista,  visitaram o Centro de Especialidade Odontológicas de Petrolina, o Centro de Atenção Psicossocial Infanto – Juvenil Josemário Menezes (Capsi) e a Unidade Básica de Saúde Amália Granja de Alencar, na Vila Mocó.

Nosso papel enquanto entidade de classe é também o de envolvimento com problemas graves da sociedade como a violência contras as mulheres. Qualquer tipo de violência é inaceitável. O servidor público é um canal importante para multiplicar informações e essa campanha ganha força com cada um e cada uma,” destacou  a diretora financeira do Sindsemp, Elizete Souza.

Nós, mulheres e homens que fazemos o Sindsemp nos preocupamos com o problema da violência contra à mulher. Estamos promovendo essa campanha dando a nossa contribuição, para conscientizar nossas servidoras sobre os instrumentos que nós mulheres dispomos na rede de proteção e chamar a atenção dos nossos servidores, que são homens sobre as leis e o respeito às mulheres,” ressaltou  a diretora de assuntos extraordinários do Sindsemp, Luciedna Batista

O intuito da campanha é ressaltar a importância da denúncia em casos de agressão ou tentativa de assassinato de mulheres, prevenindo que o crime aconteça ou se agrave. Denunciar não é uma obrigação única da mulher que é vítima, mas trata-se de um dever da sociedade.

Em todos os pontos de atendimento municipais de saúde visitados pelo Sindsemp, foram deixados panfletos que contém as principais informações sobre a lei Maria da Penha, com o número do disque denúncia nacional 180, o número da Patrulha da Mulher da Guarda Municipal de Petrolina para denúncias pelo 153 e o número da Ronda Maria da Penha da Polícia Militar que recebe denúncia pelo 190.

Não deixe para amanhã, denuncie!

Assessoria de Comunicação do Sindsemp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here