Combate às drogas: Encarceramento na Fundac e prisão ‘piora’ os jovens, diz Carlos Martins

0
120

por Lucas Arraz

Foto: Fernando Duarte / Bahia Notícias

Secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), Carlos Martins (PT) voltou a defender sexta-feira (10) a legalização das drogas como uma política de combate ao uso das substâncias psicoativas. O secretário foi entrevistado no programa Isso é Bahia de A Tarde FM 103.9 com os jornalistas Jefferson Beltrão e Fernando Duarte onde criticou o uso exclusivo da força policial para lidar com o tema. “O tráfico tem armamento superior a polícia militar. Temos um problema maior que e o encarceramento e mortandade nos bairros periféricos da juventude negra até os 25 anos”, falou. 

Assim como em entrevista ao Bahia Notícias nesta semana, Martins defendeu um combate às drogas como uma política de saúde e educação, como alternativa à prisão dos usuários. “A política contra as drogas da atualidade está causando o encarceramento da juventude negra. O jovem sai na Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) e dos presídios pior do que entrou”, relatou. 

Martins ainda comparou a liberação das drogas como a medida que retirou o lacre preto de revistas de entretenimento adulto nas bancas. O argumento foi utilizado para defender que uma liberação pode momentaneamente aumentar o consumo. “No primeiro momento a retirada dos lacres todo mundo saiu comprando a revista. Mas hoje em dia a revista não está nem mais em circulação”, disse. 

Fonte: Bahianotícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here