Casa Nova: Diretores de escolas ameaçam professores caso eles paralisem suas atividades nessa terça-feira,(02)

0
400

O sindicato da categoria reforça a convocação e pede para que os profissionais não se deixem intimidar com as ameças.

A direção da APLB/Sindicato – Delegacia das Esmeraldas de Casa Nova, afirma ter recebido a informação de que diretores das escolas e creches do município ameçam professores e demais profissionais que decidam paralisar suas atividades nessa terça-feira, 02 de abril. Segundo as informações, essas ameças acontecem porque os diretores estão sendo obrigados pelo executivo municipal e dizer que as unidades não irão fechar amanhã. A penalidade para os diretores que não obedecerem as ordens seria a demissão.

O sindicato por sua vez afirma que os diretores podem até não pará, pois na grande maioria eles sequer são professores, porém os profissionais concursados tem o total apoio da APLB e que a greve é um direito do trabalhador.

Maria do Carmo (Gatinha) falou sobre as informações recebidas a repeito das ameaças.

“Ficamos sabendo que alguns diretores estão ameaçando os professores e funcionários que paralisaram, alegando as outras 20 horas. Quero dizer a elas, que as 20 horas são conquistas. Que muitas delas foram através da justiça e outras não, mas é uma garantia do Plano de carreira. Repito, que não tenham medo, pois o sindicato está firme e forte na defesa dos direitos dos trabalhadores”. – Falou, Gatinha.

Ela reforçou a importância de compreender que os gestores são chefes e não patrões.

“Fico triste com os do quadro que se prestam a esse serviço. Mas são cargo de confiança, por isso, precisam fazer o jogo do “patrão”. Acontece que os gestores não são patrões, são chefes, líderes. Nosso patrão é o órgão Estado da Bahia ou prefeitura de Casa Nova. Lembrando que amanhã, os líderes serão outros.
Quanto a abrir a escola, é uma obrigação deles, pois precisa atender à comunidade. Mas os profissionais, se tiverem consciência de classe e interesse em melhorar a situação em que se encontram, com certeza paralisarão.
Depois não chorem o leite derramado”. – Concluiu, a diretora da Delegacia das Esmeraldas.

Um dos pontos da pauta são as péssimas condições das escolas e creches, como mostram essas imagens que chegaram a redação do portal.

Pontos da pauta da paralisação de advertência dessa terça-fiera, 02 de abril de 2019.

  • Patrolamento das estradas por onde trafegam os ônibus escolares; Ônibus Escolares superlotados;
  • Escolas sem funcionar até a presente data;
  • Diversos professores excedentes e alguns fora do país recebendo pelo município;
  • Falta de professores em algumas disciplinas;
  • Falta de material didático e pedagógico nas escolas e creches;
  • Escolas em péssimas condições de funcionamento devido às estrutura física;
  • Contratações irregulares;
  • Profissionais em desvios de função;
  • Reserva de Jornada;
  • Cumprimento de direitos garantidos no Plano de Carreira do Magistério;
  • Pagamento da diferença do Piso Salarial referente aos meses de janeiro de 2017 e 2019;
  • Pagamentos de diferenças salariais de alguns professores;
  • Entre outros.


Durante a paralisação haverá assembleia da Rede Municipal de Ensino de Casa Nova, às 10h da manhã no Colégio Getúlio Vargas.

Da redação. Fotos: Leitores de Casa Nova.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here