IBOPE e Datafolha aderem o golpe contra Lula e não divulga pesquisa

0
64

Embora o ex-presidente Lula ainda tenha vários recursos à disposição e o Comitê de Direitos Humanos da ONU exija o respeito aos seus direitos políticos, dois dos principais institutos de pesquisa anunciaram a suspensão de levantamentos que tragam o nome de Lula entre os candidatos.

O Ibope suspendeu na noite desta terça-feira, 4, a divulgação de pesquisa de intenção de votos para as eleições presidenciais, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo.

Segundo o jornalista Igor Gadêlha, da Crusoé, o instituto protocolou requerimento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), questionando a corte se poderia divulgá-lo, pelo fato do ex-presidente Lula ter tido sua candidatura barrada pelo TSE, em afronta à decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU e da própria Lei da Ficha Limpa.

A sondagem foi registrada no TSE no dia 29 de agosto e as entrevistas foram feitas entre os dias 1º e 3 deste mês, quando oficialmente Lula já tinha sido declarado inelegível. O levantamento seria divulgado nesta quarta-feira, 4. Na última pesquisa presidencial do Ibope, divulgada no dia 20 de agosto, Lula lidera isolado, com 37% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro, com 18%; Marina Silva, com 6%; Ciro Gomes, com 5%; e Geraldo Alckmin, com 5%.

Já o Instituto Datafolha divulgou que cancelou registro de pesquisa eleitoral nacional que seria realizada de 4 a 6 de setembro, alegando “impugnação da candidatura” do ex-presidente Lula. Como o questionário contemplava cenário com o nome do candidato impedido, o instituto decidiu não aplicá-lo. O Datafolha registrou nova pesquisa, que será realizada e divulgada na segunda (10).

247.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here