APLB/Sindicato: Informativo da Delegacia Sindical das Esmeraldas de Casa Nova

0
93

APLB-Sindicato, de Casa Nova agradece a todos que participaram do processo eleitoral que elegeu a nova diretoria executiva desta entidade e conclama a todos os seus filiados a se unirem para juntos lutarmos por uma educação de melhor qualidade, laica, gratuita e que garanta direitos iguais para todos.

Em Casa Nova precisamos lutar por melhores condições de trabalho, no que se refere a: melhor acompanhamento pedagógico aos professores, formação continuada, cursos de aperfeiçoamento, material didático e de suporte pedagógico, melhor distribuição dos alunos e professores por sala de aula, cumprimento do PME, sobretudo no que se refere à Eleição direta para Gestores Escolares. Pagamento das perdas salariais de todos que ainda encontram-se sem receber ou recebendo abaixo do valor devido, professores que trabalharam 40 horas e receberam durante quase todo o ano apenas por 20 horas, tendo um caso de uma professora que possui estabilidade no emprego e mesmo assim, ficou sem receber por 20 horas recebendo apenas por um turno, professores excedentes, redução de contratos, liberação de licença – prêmio para todos que têm direito, com igualdade de condições, pagamento da diferença do Piso Salarial referente a janeiro de 2017, não permitir desvios de função e sublocações, colocando todos para trabalharem em seus devidos cargos e funções. Cumprimento integral do Plano de Cargos Carreira Remuneração e Estatuto do Magistério, Lei 178/12, sobretudo no que se refere ao aperfeiçoamento profissional e mudança de classe, infraestrutura das escolas, Transporte escolar de qualidade para todos os alunos, realização de Concurso Público, sobretudo para funcionários de apoio e Coordenação Pedagógica, regularização das cedências de professores e funcionários, bem como as permutas, uma vez que essas são legais, porém devem ser feitas para melhorar a vida dos profissionais e estes devem de fato, trabalharem nas vagas em que foram permutados ou cedidos.

Outros problemas que vêm afetando a educação no município são: falta de material de limpeza nas escolas, nucleação de algumas escolas ficando de fazer reforma e ainda não foi feita daquelas que estão funcionando como núcleo, reserva de jornada que precisa ser ampliada para todas as escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, funcionamento pleno dos conselhos, inclusive com espaço equipado para o funcionamento dos mesmos.
Ressalte-se que este ano já sentamos tanto com a Secretária de Educação quanto com o prefeito para a resolução dos problemas e, poucos deles foram resolvidos.

Solicitamos da prefeitura municipal, reunião para rediscutirmos as questões para juntos discutirmos soluções urgentes para os problemas acima e outros que venham a surgir.

A Direção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here