Mães Pela Diversidade é lançado em Juazeiro

0
2157

 

Por Ramáiana Leal/SEDIS

A Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social (SEDIS) de Juazeiro apresentou na tarde desta terça-feira, 17, o projeto Mães Pela Diversidade. O ato ocorreu no gabinete da secretária com a presença de lésbicas, gays, trans e simpatizantes da causa da sociedade civil e do poder público. O 17 de maio é o dia do orgulho gay e Dia Internacional contra a LGBTfobia.

O Mães pela Diversidade é um coletivo nacional composto por mães (na maioria) e pais de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. O coletivo surgiu há pouco mais de um ano, em São Paulo, e se expandiu para 14 Estados do Brasil. Segundo seus organizadores, o grupo surgiu como um movimento político para lutar pela garantia de direitos civis, como a criação do ambulatório transexualizador de Salvador (BA), a qual fizeram parte e obtiveram sucesso. No entanto, com o decorrer das atividades executadas, perceberam-se como um espaço de acolhimento e informação para outras mães e pais de LGBTs.

Durante o lançamento, a mãe-piloto de Juazeiro, Cibele Granja, explicou que é necessário haver o coletivo na cidade, para ajudar as famílias. “Quando você é criado nessa sociedade em que o ‘normal’ é homem+mulher=filho, é difícil aceitar um filho gay. Eu sofri muito e fiz ele sofrer. Mas hoje eu saí do armário e tenho orgulho do meu filho, que eu amo mais que tudo! Espero contar com o apoio das mães e pais para que possamos nos fortalecer e dizer à sociedade que nossos filhos não são aberração, eles merecem ser respeitados e amados”, disse a mãe, emocionada.

O Supervisor de Políticas Públicas LGBT do município, Anderson Motta, explicou que o coletivo é um apoio às mães e filhos na construção de uma rede contra o preconceito. “É uma parceria com a sociedade civil. É preciso que mães e pais entendam que seus filhos não terão como sofrer fora de casa se em casa são amados por aqueles que lhe deram a vida. Não há nada de novo, é o respeito através do amor. Aceitar é uma coisa que vai acontecendo naturalmente, e não estamos muito preocupados com isso; mas respeitar é urgente. E o caminho para isso é o amor. Com essas mães, unidas, lutando pelo direito dos seus filhos, a causa fica mais fácil, mais leve e mais linda”, afirma.

Na presença da Gerente de Diversidade, Luana Rodrigues, da Gerente de Habitação, Gilnágila Machado, da Psicóloga Carolina de Oliveira, da suplente de Vereador, Poliane Amorim, a gestora da SEDIS reafirmou sua alegria e orgulho de fomentar aquele momento. “Estamos aqui cumprindo nossa função pela igualdade social e eu me sinto feliz por estar à frente de uma Secretaria referência nessa causa LGBT em todo o território san franciscano. É um orgulho, mas também uma grande responsabilidade. O projeto das Mães Pela Diversidade é lindo, porque vem cheio de amor. Amor de mãe é isso mesmo, aceita e luta pelo direito do filho e briga por ele. Mãe é só amor. Tem nosso apoio e vai deslanchar. Ah! E vamos continuar a abraçar o LGBT, inserindo-o nos benefícios sociais que trabalhamos”, conclui Lindsai Amaral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.