Secretaria de Saúde de Juazeiro investiga 03 casos de microcefalia no município 

0
672

O setor de vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Juazeiro, está investigando 03 casos de microcefalia em bebês que nasceram na Maternidade Municipal. Porém, até o momento os casos não foram confirmados.

Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

A microcefalia é uma má-formação congênita que faz com que a cabeça de um recém-nascido meça menos de 33 centímetros, o que significa que o cérebro não se desenvolveu da maneira correta. Após o nascimento, os bebês são submetidos a três exames de rotina. Um deles consiste em medir o perímetro encefálico da criança.

A microcefalia pode ser ocasionada por diversos fatores, como substâncias químicas que a mãe ingere durante a gestação ou quando é infectada por bactérias e vírus. As causas mais comuns são a toxoplasmose e a rubéola. Como o cérebro não se desenvolve, há um risco muito grande de a má-formação refletir em quadros de retardo mental ou atraso no desenvolvimento neuropsicomotor da criança.

Não existe tratamento, mas é possível minimizar as sequelas com acompanhamento pediátrico e neurológico.

De acordo com o Ministério da Saúde, não está confirmado que o Zika Vírus é o causador do aumento de casos de microcefalia no País. No entanto, as chances de o vírus estar relacionado com o surto de microcefalia são de 90%. Os casos estão sendo investigados. A única evidência concreta até agora foi o genoma do vírus encontrado em duas gestantes da Paraíba que tiveram confirmação de microcefalia.

O mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue e a chikungunya é o transmissor do Zika Vírus.

Os casos em Juazeiro

De acordo com o setor epidemiológico de Juazeiro, 396 casos de dengue foram confirmados até o momento no município, da Chikungunya em 2014 foram 8 casos confirmados e neste ano foram 17 (8 descartados e 9 em investigação), da Zika 30 casos suspeitos em 2015, mas todos foram descartados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here