Possível cartel dos combustíveis pode levar população de Juazeiro e Petrolina às ruas

0
1319

Um grupo de amigos de redes sociais está organizando um protesto contra o aumento no preço dos combustíveis em Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). A iniciativa visa a “provocar” os proprietários de postos de combustíveis a uma reavaliação dos valores cobrados pela gasolina e etanol nas duas cidades e espera reunir um bom número de pessoas.

No último final de semana foi realizado o primeiro encontro, onde várias pessoas foram à Orla II de Juazeiro para falar sobre os próximos passos do movimento, que fala em “seguir juntos na força contra o cartel” que estaria acontecendo nos dois municípios.

A manifestação tem o objetivo de chamar a atenção da população para o alto preço do combustível – segundo eles, em Juazeiro e Petrolina é um dos mais altos do país. As informações dão conta de que em alguns postos de Juazeiro o preço da gasolina ultrapassa os R$ 4,15. Por sua vez há quem diga que em alguns postos de Petrolina a gasolina estaria com preço mais alto que em Juazeiro.

Os integrantes do movimento querem juntar o maior número de veículos possíveis e cada um colocar apenas R$ 0,50 de combustível, pedindo a nota fiscal. Eles já criaram um grupo no WhatsApp intitulado “Menor Preço” e pretendem criar também uma página no Facebook para chegar a um maior número de pessoas e informar sobre as mobilizações, mapeando os postos que estão praticando preços mais baixos.

Cartel é um acordo explícito ou implícito entre concorrentes para, principalmente, fixação de preços ou cotas de produção, divisão de clientes e de mercados de atuação ou, por meio da ação coordenada entre os participantes, eliminar a concorrência e aumentar os preços dos produtos, obtendo maiores lucros, em prejuízo do bem-estar do consumidor.

Direto da Redação (foto:divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.